Campanha dia dos Namorados Odesign

DIA DOS NAMORADOS – dia de celebrar
o AMOR, a CUMPLICIDADE, o CARINHO,
de declarar o amor em cartões, mensagens, sinais de fumaça…

A ODESIGN deseja a todos os pombinhos que a noite fria de inverno seja
QUENTE NO CORAÇÃO de todos os apaixonados, e que todos possam FALAR DE AMOR com as palavras mais bonitas (afinal, chega dessas mensagens batidas que só pioram a cada ano…).

Se você é daqueles que sabem que no fundo tudo pode piorar, você também é daqueles que tem a certeza absoluta de que só o que não pode piorar é o amor. Uma ótima NOITE DOS NAMORADOS a todos!

68156_818361668250215_584847285174433042_n

Ps: se a comunicação da sua empresa anda no nível desses cartões de dia dos namorados batidos, não se esqueça de falar conosco. Clique, navegue, confira, entre em contato – nós temos a solução criativa que você precisa na medida do seu investimento:

Existe um na medida certa pro seu negócio!
http://odesign.com.br/marketing-digital
Consulte nossos planos, há um especial pra você!

A MISSÃO DE UM PAI

Educar, ATRAVÉS da explicação ou das EXPERIÊNCIAS.
Proporcionar ensinamentos úteis para formar um cidadão.

A Missão de um Pai

Hoje, somos modelos profissionais e essa é uma posição irreversível, é a consequência dos novos tempos, entretanto, acima de quaisquer atividades, ou dias muito cheios, as noites precisam ser de aconchegos, de amor, sentar no chão, ralar o joelho e brincar com os pequenos ou pequenas, nossas verdadeiras dádivas, presentes do Criador.


Se a semana é de correria, que os FINS DE SEMANA sejam então de paz e harmonia, com atividades que permitam a convivência e o entendimento entre PAIS E FILHOS, a fim de adequadamente educá-los e mesmo que cansados, dediquemos diariamente um momento para monitorar as tarefas da escola e em hora adequada, acompanhemos nossos filhos em uma oração antes do merecido descanso.


NÃO ECONOMIZE BEIJOS, ABRAÇOS E PALAVRAS POSITIVAS, POIS ESSES SÃO PARTES FUNDAMENTAIS PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA NOVA PERSONALIDADE.


E sim, os pais da nova era SÃO SENSÍVEIS, expressam mais suas emoções com maior facilidade, choram e utilizam frequentemente a empatia em vez do atrito ou punições. Pais atuais demonstram CARINHO com maior frequência e optam por uma vida de transparência no lar onde os sentimentos são acessíveis e devem ser compartilhados, afinal, estamos na era do compartilhamento, do curtir, não é mesmo?


Que a TAREFA SAGRADA de ser pai seja realizada amplamente para que, um dia, possamos responder com tranquilidade à pergunta do Pai Criador: O QUE FIZESTE DOS FILHOS QUE A TI FORAM CONFIADOS?


Hoje é dia daquele que esta presente todos os dias, numa palavra forte ou no apoio constante, no amor incondicional e na amizade para todo o sempre.

FELIZ DIA DOS PAIS

Para o melhor amigo, o melhor pedaço

Serapião era um velho mendigo que perambulava pelas ruas da cidade, ao seu lado, o fiel escudeiro, um vira-lata branco e preto que atendia pelo nome de Malhado.

Serapião não pedia dinheiro, aceitava sempre um pão, uma banana, um pedaço de bolo ou outro alimento qualquer. Quando suas roupas estavam imprestáveis, logo era socorrido por alguma alma caridosa. Mudava a apresentação e era alvo de brincadeiras.

O mendigo era conhecido como um homem bom que perdera a razão, a família, os amigos e até a identidade, não tomava bebida alcoólica e estava sempre tranquilo, mesmo quando não recebia comida alguma. Dizia sempre que Deus lhe daria um pouco na hora certa e, sempre na hora que precisava, alguém lhe estendia uma porção de alimento.

Para o melhor amigo o melhor pedaço

Serapião agradecia com reverência e rogava a Deus pela pessoa que o ajudava.

Tudo que ganhava, dava primeiro para o Malhado que, paciente, comia e ficava esperando por mais um pouco.

Não tinham onde passar as noites. Onde anoiteciam, lá dormiam. Quando chovia, procuravam abrigo embaixo da ponte do ribeirão. Ali o mendigo ficava a meditar, com um olhar perdido no horizonte.

Aquela figura era intrigante, pois levava uma vida vegetativa, sem progresso, sem esperança e sem um futuro promissor.

Certo dia, um homem, com a desculpa de lhe oferecer umas bananas, foi bater um papo com o velho mendigo. Iniciou a conversa falando do Malhado, perguntou pela idade dele, mas Serapião não sabia.

Dizia não ter ideia pois se encontraram certo dia, quando ambos perambulavam pelas ruas.

Nossa amizade começou com um pedaço de pão. – Disse o mendigo. Ele parecia estar faminto e eu lhe ofereci um pouco do meu almoço. Ele agradeceu, abanando o rabo e daí, não me largou mais.

Ele me ajuda muito e eu retribuo essa ajuda sempre que posso.
Como vocês se ajudam? Perguntou.

Ele me vigia quando estou dormindo. Ninguém pode chegar perto que ele late e ataca. Quando ele dorme, eu fico vigiando para que outro cachorro não o incomode.

Continuando a conversa, o homem lhe fez uma nova pergunta: Serapião, você tem algum desejo de vida?

Sim, respondeu ele. Tenho vontade de comer um cachorro-quente, daqueles que têm na lanchonete da esquina.

Só isso? Indagou.

É, no momento, é só isso que eu desejo.

Pois bem, disse-lhe o homem, vou satisfazer agora esse grande desejo, saiu, comprou um cachorro-quente e o entregou.

Ele arregalou os olhos, deu um sorriso, agradeceu a dádiva e, em seguida, tirou a salsicha, deu para o Malhado e comeu o pão com os temperos.

O homem não entendeu aquele gesto, pois imaginava que a salsicha era o melhor pedaço.

Por que você deu para o Malhado, logo a salsicha? Interrogou, intrigado.

Ele, com a boca cheia, respondeu:
Para o melhor amigo, o melhor pedaço.

E continuou comendo, alegre e satisfeito.

O homem se despediu de Serapião, passou a mão na cabeça do cão e saiu pensando com seus botões: Aprendi alguma coisa hoje. COMO É BOM TER AMIGOS. Pessoas em quem possamos confiar.

Por outro lado, É BOM SER AMIGO DE ALGUÉM e ter a satisfação de ser reconhecido como tal. Jamais esquecerei a sabedoria deste grande homem.

E você, que parte tem reservado para os seus amigos?
FELIZ DIA DO AMIGO