O usuário é o principal foco, não o Google

Em um artigo publicado por Gianluca Fiorele, SEO da empresa lloveSEO, ele admite que sua maior dor de cabeça é o Google, não porque ele decidiu não receber informações sobre os sites, mas entre várias justificativas, pela mudança que o Google está fazendo em suas ferramentas e nos mecanismos de buscas, ferramentas estas que já estamos acostumados.


A verdadeira pergunta que está causando minha dor de cabeça é: o que o Google realmente quer com todas essas mudanças? Vou começar citando a definição de SEO que o Google dá em seus guias:

Search engine optimization (otimização de mecanismos de buscas, em português) significa colocar o melhor do seu site à frente, quando se trata de visibilidade em mecanismos de busca, mas seus consumidores finais são seus usuários, não os mecanismos em si.


É isso, seus consumidores finais são seus usuários, não os mecanismos de buscas do Google. Deixando de ter, cada vez mais, conteúdo atrativo, perde-se por um lado o consumidor que é atraído pela marca, pela identidade do produto (aquele que conhece a marca, usa e respira a marca) e tentando atrair visitantes desconhecidos oferecendo muitas vezes um conteúdo mais duro, fora do contexto geral da marca.

As redes sociais devem fazer isso, trazer para o site (institucional) os novos visitantes. Pelo menos esse era o caminho.


O usuário é o rei
O SEO técnico ainda importa, mas isso não significa que ele seja sinônimo de SEO. As palavras “usuário” e “útil” têm a mesma raiz: uso. E um usuário acha um site útil quando ele oferece as respostas que ele precisa, e se seu uso é fácil e rápido.


É interessante parar para refletir e prestar atenção aonde estamos indo. Precisamos oferecer na web, conteúdos que vão ao encontro da identidade e filosofia da empresa e não como o Google ou quaisquer empresas querem. Na verdade, o Google não mostra o que queremos, ele mostra o que ele quer mostrar, do contrário, nunca exisitiram os anúncios pagos e, com o Google+ muitas intromissões acontecerão ainda em suas buscas.

Deixe uma resposta