Porque sua empresa precisa estar nas redes sociais

Dificilmente encontraremos hoje alguém que não está em uma, ou mais redes sociais. Isso por si só, representa um indicativo de que sua empresa precisa estar presente neste universo. Elas oferecem elementos com opções de interação, como comentários e a possibilidade de compartilhamento e podem influenciar a percepção do mercado, assim como otimizam sites para o Google e, o principal: estabelecem o contato entre um possível cliente e a marca, fidelizando os já existentes e atingindo uma massa elevada de pessoas.

Redes sociais

Empresas como a Adidas e a Coca-Cola já usam as redes sociais há bastante tempo, descobriram que através delas, atingem uma quantidade enorme de possíveis clientes (leads) e principalmente, seu público-alvo, informando e estabelecendo confiança e preferência, sempre com conteúdo relevante (marketing de conteúdo). Inspire-se nelas e se faça presente nas redes sociais.

A empresa que entra nas mídias sociais, precisa analisar a concorrência em seu mercado, sua cidade ou estado e ter uma noção realista de onde está, aonde poderá chegar, estabelecendo metas, com um marketing digital e marketing de conteúdo estruturados e planejados por empresa competente na área ou os efeitos podem ser negativos e ineficazes.

Social media signs

É importante também, com base nessas informações todas e com uma boa consultoria em marketing digital, descobrir em qual, ou quais, redes sociais se enquadra melhor cada empresa (entender seu público, seu mercado, ter metas e planejamento estratégico). Por exemplo, para lojas virtuais é aconselhável estar presente no Twitter para poder responder eventuais críticas ou reclamações, no Instagram, para apresentar de forma atrativa suas imagens/produtos e também compartilhá-las. Sem dúvida alguma, o Facebook não pode ser preterido, é a rede com maior alcance e torna-se indispensável, entretanto, não basta apenas criar uma fã page e esperar sentado que as coisas aconteçam, ela deve ser alimentada com conteúdo regularmente e com assuntos relevantes, interessantes e com identidade visual impecável. O Google+, além de ser uma ótima ferramenta de otimização, é também um canal de atendimento.

Search Engine Marketing

Todos buscamos novos fãs, leads e possíveis clientes. Para isso, é preciso apresentar conteúdo relevante, provar que é melhor em determinado assunto e parar de contratar sobrinhos, netos, primos ou similares para cuidar da imagem da sua empresa. Um dia, o sobrinho vai cair na real de que só pelo fato de ter muitos amigos no Facebook, não o faz um especialista em mídias sociais e nem um consultor, muito menos as empresas “mágicas” que prometem a primeira página do Google sem conteúdo e planejamento. Enquanto isso, sua empresa poderá ter perdido espaço para outras que pensaram e estabeleceram um planejamento profissional, sério e eficiente.

Nós temos um plano especial para o seu negócio, com uma consultoria em redes sociais, marketing digital e marketing de conteúdo.

 

 

 

O que são leads

Atrair novos clientes sempre foi um dos maiores desafios de quaisquer empresas e toda estratégia, do marketing à construção de preços, tem o foco nos contatos capazes de se tornarem clientes. Isso, requer um estudo de público-alvo e do mercado para assim, criar campanhas de marketing focadas em atrair leads.

Leads qualificados

Mas então, vamos entender o que é lead

A palavra lead é hoje popular entre as empresas digitais, depois que começaram a tratar seus visitantes como clientes em potencial, criando estratégias para gerar contatos em verdadeiros clientes. Assim, lead é sinônimo de qualquer visitante que informe seus dados em troca de algo ou fazendo contato. A geração de leads é fundamental para o sucesso de sua empresa.

E os leads qualificados?

Não existe uma garantia de que um lead se transformará em um cliente ou mesmo que retornará ao seu site ou blog. Entretanto, um lead qualificado é aquele que chega considerando a compra do seu produto ou a contratação de seus serviços.

Saber quem são os leads qualificados, é importante para poder criar campanhas mais eficientes para captar a atenção, com ações e conteúdos que convençam esse lead qualificado de que você possui a melhor solução.

Geração de leads

O Marketing de conteúdo é uma das melhores estratégias para qualificar um lead, além de apresentar seu produto ou serviço, instruindo esses visitantes com informações relevantes e de seus interesses. Imagine campanhas (redes sociais) que não poluam a linha de visão desse possível contato, mas que comece uma conversa, ofereça a ele informações e conteúdo, para logo após, num funil de vendas, lhe apresentar produtos, serviços e soluções.

A Odesign tem a solução perfeita para sua empresa ter mais leads e vender mais, solicite maiores informações, entre em contato com a gente!

 

 

 

Designers, o que de fato fazemos?

Quando conversamos com um cliente/parceiro, esse precisa entender que estamos oferecendo uma consultoria em design e, quando é indagado se podemos explorar outros conceitos criativos para o problema em questão além do proposto por ele, a resposta é um Não, algo está errado, pois não somos taxistas, somos consultores em design.

designers-o-q-fazemos


Você chega em uma fila de taxistas e pede para um levá-lo até sua casa. Tudo que tem a fazer é informar o destino e pagar a conta ao final da corrida. Seria uma solução direta e sem muitos compromissos. Contudo, o ideal seria ser atendido por um consultor em transportes. É preferível ter a oportunidade de explicar as necessidades a um consultor em transportes, pois há diversos compromissos, orçamento limitado e pouco tempo para chegar ao destino, assim, eu, gostaria que esse consultor me apresentasse a melhor solução. Poderia até apresentar algumas alternativas.

Essa analogia serve para mostrar que designers não devem ficar satisfeitos em apenas serem os “taxistas”, mas sim os consultores, para conduzir a uma solução correta, direta e com foco no mercado. Devemos ser os parceiros na solução de problemas.

Compartilhe responsabilidades, ande junto com o cliente/parceiro
Você vai ao médico, certo? Você poderia ser considerado um cliente para seu médico. Agendaria uma consulta e pagaria pelos seus serviços. Ele poderia dar uma receita para proporcionar um alívio imediato, mas que não resolveria o problema de saúde a longo prazo. Ele poderia ser um grande especialista, que conseque diagnosticar um problema mais complexo, a partir dos pequenos sintomas. Nesse caso, é necessário ser parceiro. É preciso confiar nele e fornecer todas as informações necessárias para a formulação do diagnóstico correto. Sem isso, o médico provavelmente não poderia indicar um tratamento preciso.

O mesmo acontece com projetos de design.

Precisamos desenvolver uma relação de confiança mútua, para nos tornarmos parceiros e não apenas prestadores de serviços. Com isso, conseguiremos realizar projetos maiores e mais criativos.

Os resultados serão muito mais significativos e duradouros, com o cliente/parceiro entendendo que ao contratar ou solicitar os serviços de um designer agência/stúdio, deve aceitar que contrata uma consultoria, um estudo de mercado com experiência e capacidades para transformar materiais gráficos ou virtuais em soluções visuais.

Sejamos consultores e nossos clientes, parceiros.

Bibliografia Selecionada:
Briefing: A Gestão do Projeto de Design

E, em 2012…

Enviamos para nossos especiais clientes, parceiros e amigos, uma singela lembrança, uma embalagem com itens que sugestionam ou desejam um 2012 diferente, onde cada item carrega consigo um significado especial.

final-2011

Dentro da embalagem vai um pingente de trevo de quatro folhas para fixarmos nossa fé em algo que fuja um pouco da racionalidade do mundo atual, às vezes é preciso acreditar.
Desejando que no próximo ano, haja muita criatividade, idéias e inovação, a vela simboliza essa ascensão à luz… E porque é imprescindível buscar o autoconhecimento, enviamos o espelho para poder ajudá-lo nessa busca.
Às vezes, é preciso uma pausa nesses dias tão corridos e, nada melhor que um bom livro e um marca-página, para poder parar e refletir não só na leitura como na vida. Há também, um envelope, para que em 2012, você possa reatar com alguém, escrever para uma pessoa distante ou apenas comunicar sua alegria a quem você quer bem.
Em 2012, também esperamos que perceba novas sensações, como ao degustar o delicioso chocolate que fizemos especialmente pra você, que assim comesse o ano experimentando novos sabores.

Por fim, nosso cartão e uma caneta da Odesign, para lembrar que como neste ano, sejamos em 2012 a solução em comunicação, design e interatividade para seu mundo.

Feliz Natal,
Um Novo Amanhã
E um 2012 repleto de conquistas
e oportunidades, diversas e únicas!

Vida de Designer

Como muitos sabem, nossos cogumelos também são designers… Principalmente “web designers” e “graphic designers” (também chamados por alguns de “faz site” e “faz criação”). Mas enfim, hoje me perguntaram quanto cobramos por determinados trabalhos, como criação de logo, ou customização de um uniforme, e coisas do tipo.

vida-de-designer

Ai me lembrei algo que sempre quis compartilhar com nosso adoráveis clientes.  O problema, é que tem alguns clientes que literalmente abusam do “é rapidinho”, ou “tão fácil”, ou ainda “tudo isso? até meu filho/subrinho/primo faz de graça”. Então senhores clientes chatos, quando utilizar tais frases abaixo, lembre que o que pra você o que é só arrastar aqui, ou esticar ali, para nós VERDADEIROS PROFISSIONAIS, não é só isso. Até mesmo porque se fosse, até seu sobrinho faria, certo? Ah ele faz pra você? Ele faz de graça? Que legal, então porque fica me enchendo as paciências por 4 horas, faço o visual todo ao invés de ir fazer com ele?

As frases utilizadas pelos clientes e nossos comentários…

• “Aumenta só um pouco essa letra? Mais um pouco… Só mais um tiquinho. Não tão grande né pô!”
(vai decidir ou não?)

• “Coloca esse amarelo mais vivo?”
(amarelo ovo?)

• “Troca esse vermelho, por amarelo?”
(sangue amarelo?)

• “Será que você pode virar o rosto dela no computador, pra ficar de lado, acho q vai ficar melhor”
(como em uma foto 3×4 escaneada?)

• “E se a gente mudasse o menu pra cá? To achando isso meio parado…”
(com o site pronto para publicação? fdp)

• (Depois de pedir incessantemente pelo estetoscopio na capa do manual médico) “É mesmo, né? Não ficou muito legal….. e agora?”
(eu faleiiiii…)

• “Puxa mais pra ca.. Isso agora mais pra ca, isso, troca essa cor.. agora inclui essa foto… podia mudar aqui ne? hum… po parace que piorou você não está entendendo o que eu quero…”
(quer fazer melhor? fica a vontade)

• “Poderia fazer um logotipozinho, logomarcazinha, marquinha e marquinhazinha pra mim na faixa?” Também válido para “logotipo bem pequenininho”, “simbolo”, “desenho pra colocar no cartão” e “elipse.”
(acham que se usar no diminutivo, fica mais fácil e barato)

• “Tudo isso por um convitezinho???”
(diminutivo de novo)

• “Pô preciso de um folder rapidinho, pra um evento amanha cedo, e preciso mandar para a gráfica tipo pra hoje lá pelas 17:00 pode ser?” (olho pro relógio e ele marca 16:45)

• “Poderia dar um só um jeitinho aqui pra mim?”
(opa claro perai….. *clique no delete* …. pronto, melhorou?)

• “Faz um cartaz pra mim de graça?”
(sim claro, vou pegar pronto um no Print artist mesmo kkkkk)

• “Poderia botar um design no meu site?”
(e acha que eu fiz o que nesses 3 dias de trabalho?)

• “Porra meu, tudo isso? eu só quero uma letra girando, assim ó”
(só preciso dessa notinha de 100 aqui ó)

• “Só preciso de um cartãozinho mixuruca mesmo”
(e eu só preciso de um pagamento mixuruca mesmo)

• “Igualzinho a esse aqui, só vai colocar o meu timbre ao invés do dele aqui em cima, entendeu? Pra não dar trabalho mesmo…”
(CTRL+C e CTRL+V)

• “Sem muitos detalhes”
(tipo Google?)

• ”Isso aí, você coloca no computador e ele faz”
(faz claro, o computador é milagroso)

• “Eu tenho um sobrinho que faz assim…”
(pede pra ele)

• “Eu tenho um sobrinho que faz tudo de graça…”
(já disse, então pede pra ele)

• “Ei, você que mexe com computador…”
(não, eu mexo com grama, tá servido?)

• “Ah foi bom te ver aqui, você não é o cara da informáica?”
(não está escrito no meu uniforme Mundo da Informática porque eu moro lá….)

• “O chefe do departamento ja escolheu até a letra e a cor, agora ficou fácil”
(fica mesmo… só pagar que tudo fica fácil)

• ”Não, não.. você não vai ter trabalho nenhum, mesmo. É so colocar no computador mesmo”
(e acha que pra colocar num dá trabalho?)

• “Na verdade o serviço JÁ ESTÁ PRONTO! É só colocar um pouco de design”
(simples assim…)

• “É só uma firula mesmo né?”
(não)

• “Pra enfeitar o pavão…”
(não sou veterinário nem decorador)

• “Na verdade é porque eu não tenho tempo pra fazer..”
(e eu não tenho grana)

• “Eu confio em você, vê ai alguma coisa em inglês pra colocar como nome empresa…”
(Stupid Bussiness, tá bom?)

• “Depois a gente vê uma maneira de te compensar…”
(eu vejo agora…)

• “Vê ai o que você faz pra mim?”
(nada)

• “Nossa, mas é so um site! Isso tudo?”
(não isso é só a entrada…)

• “TUDO ISSO POR PÁGINA??????”
(cada vez que a pessoa repetir essa frase multiplique o valor)

• “Aproveita pra ver o que aconteceu com o antivirus daqui da loja?”
(claro vou instalar um monte de virus)

• “Ah.. tá.. mas isso já estão incluidas as fotos e as modelos né?”
(claro, as “modelos” da G Magazine)

• “É só esticar aqui, ó”
(estica o dinheiro na minha direção, assim ó)

• “E você usa o computador pra isso?”
(não, eu uso pra fazer bolo)

• “Coisa simples”
(quando o cliente fala isso, nunca é simples)

• “Não você não entendeu é simples mesmo”
(aham, claro… então faz você!)

• “É você não entendeu mesmo”
(não entendo burrês)

• “No Paint (brush) eu a ferramenta do ‘pincelzinho’… Qual você usa nesse Photoshop?”
(procure um curso mais próximo)

• “Só uma galeria de fotos. De umas 1.000 a 5.000, mas é só colocar ali no canto”
(só isso?)

• “Ué, mas é só copiar do jornal.”
(o jornal não tem CTRL+C)

• “Escaneia daqui da revista mesmo”
(CTRL+C e CTRL+V)

• “Você que faz site né?”
(virei mecânico free-lancer)

• “DUZENTOS E CINQUENTA REAIS???”
(subir mais R$ 50,00 a cada grito de desespero)

• “Fotolito? Não, não, não vamos contratar fotografo”
(CTRL+ALT+DEL)

Santa paciência .com .br!!

Fonte: Pé de Cogumelo