Google revela projeto de entregas por drones

O Google revelou o projeto Wing, um sistema de entrega que utiliza drones, as pequenas aeronaves que voam sozinhas. De acordo com um post no Google+ oficial da empresa, a equipe responsável pelo projeto realizou alguns testes na Austrália e conseguiu entregar com sucesso alguns pacotes com um kit de primeiros socorros, doces, biscoitos para cachorro e água para alguns fazendeiros de Queensland.

A empresa também informou que o sistema está apenas no começo do seu desenvolvimento, mas que ela acredita que tem um grande potencial para transportar bens de maneira mais rápida, segura e eficiente. Atualmente, o Google está buscando parceiros que possam ajudá-lo a melhorar a tecnologia.

http://youtu.be/CgQHTyI8cIY

Segundo o jornal The Guardian, o setor de pesquisas da gigante de internet Google X está estudando os drones há dois anos, e agora contratou um novo líder para a equipe, o especialista em sistemas automatizados para aviões, Dave Vos.

As entregas na Austrália foram feitas em um protótipo de aeronave com 1,5 m de extensão com quatro hélices, que se movem em diferentes posições de acordo com estágios diferentes do voo.

O pacote fica dentro de um espaço no meio da asa. O Google pensou em entregar as encomendas de várias maneiras, como pousando o drone ou por um paraquedas. No fim das contas, o experimento na Austrália usou um tipo de linha de pescar para abaixar o pacote até o consumidor.

Computador pessoal completa 33 anos

Em 12 de agosto de 1981, foi lançado o IBM 5150.

O computador pessoal completa 33 anos nesta terça-feira. Em 12 de agosto de 1981, foi lançado o IBM 5150, pioneiro do computador pessoal, que revolucionou a indústria na época.

ibmpc5150

Segundo informações da própria empresa, antes da chegada do IBM 5150, os computadores exigiam um quarto refrigerado, cerca de 60 pessoas para operá-los e custa cerca de US$ 9 milhões.

Com a novidade da IBM, o termo PC se popularizou e o computador ganhou um formato muito menor e com mais capacidade de processamento do que os modelos grandões dos anos 60. Ele era voltado tanto para consumidores, como para negócios e ajudou a construir uma indústria multibilionária. Na época, ele foi lançado por US$ 1.565.

ibm5150ibm

A primeira versão do IBM 5150 tinha memória RAM máxima de 256 Kb, processador Intel 8088 de 4.77 MHz, uma versão do Microsoft Basic, o produto base da Microsoft, e sem disco rígido. Segundo o jornal The Guardian, a expectativa da empresa era vender 242 mil unidades em cinco anos, mas esse número foi ultrapassado em apenas um mês.

O futuro da Educação

No futuro, A EDUCAÇÃO TERÁ BANDA LARGA E DRONES. Nos próximos 10 anos, a expressão “não sei” vai desaparecer. O mundo todo estará conectado, com internet banda-larga gratuita distribuída por drones, balões, ou microssatélites, e qualquer dúvida será resolvida quase instantaneamente. A previsão é do venezuelano José Cordeiro, professor da Singularity University, localizada em uma base de pesquisa da Nasa, no Vale do Silício (EUA). “Poderemos usar nosso cérebro para coisas mais importantes, mais interessantes e mais inovadoras. Para tarefas repetitivas, teremos os robôs e a inteligência artificial”, resume.

O futuro da Educação

A Estácio de Sá apresentou algumas de suas iniciativas que buscam àquilo que considera ser a “universidade do futuro”. A instituição construiu um protótipo do que será a “sala de aula do futuro”, que conta com uma tela conectada desenvolvida na universidade e patenteada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Ela permite interatividade com outros dispositivos, gerenciamento remoto e troca de conteúdo colaborativo, com o objetivo de facilitar o uso de conteúdos multimídia e a interação com os estudantes, substituindo projetor, computador, tela e caixa de som. O mobiliário também foge do tradicional e é pensado para estimular a criatividade dos alunos. A sala está em teste, e a ideia é que, até 2020, chegue a todas as unidades da Estácio.

A instituição criou também uma pré-aceleradora, a Espaço Nave, com objetivo de fomentar o empreendedorismo de ex-alunos, oferecendo capacitação, mentoria e acompanhamento para ajudar a tirar projetos no papel. Além destes espaços, também fazem parte da Future Zone (Zona do Futuro), um Game Center – onde estão disponíveis jogos educativos que ajudem o estudante a aplicar o conhecimento do curso – e um Media Lab.

O FUTURO DA EDUCAÇÃO JÁ COMEÇOU, esperamos que não seja apenas isoladamente e que chegue a todos, o ensino como conhecemos já há 50 anos tem que mudar.

A tecnologia que convida à inovação

Cansei de navegar pela web e me deparar com inúmeros bugs sem explicação.
Você cria um ambiente, pensa-o desde a interface à navegação e tudo pronto? Tudo funcionando? Não! Dá pau no Internet Explorer, a versão do player do FireFox precisa ser atualizada…

Chega. A versão para PC do navegador Safari, da Apple, agora está perfeita, privilegia não só os desenvolvedores e os designers, mas todos os usuários. Realmente funciona, é interativo, 100% ajustável às suas necessidades.

overview-hero-image1-20090217
Por que ter que esperar a página carregar? Você quer ver os resultados da busca, as últimas notícias e o preço das ações agora. E é isso que o Safari faz, para que você espere menos e navegue mais. Na verdade, cada atualização de página no Safari é testada para garantir que a rapidez seja a mesma em todas as plataformas.
O navegador mais rápido do mundo, o Safari realmente surpreende.

O Safari abre caminho para a Internet baseada em padrões. Os padrões são importantes. Antes deles cada navegador comportava-se da maneira que preferia. Com os padrões, cada navegador apresenta a página da mesma forma. Ótimo para os desenvolvedores porque os padrões permitem que eles criem sites que funcionam em todos os navegadores, de fábrica. E ótimo também para usuário em geral que tem excelente experiência garantida em cada site que visita.

É por isso que a Apple adotou e assumiu papel importante na definição de padrões como HTML 5 e o CSS 3, que garantem a consistência e avançam nos limites da web.

O Safari foi o primeiro navegador a suportar tags de áudio e vídeo em HTML 5. Eles permitem que o desenvolvedor integre mídia diretamente nas páginas web padrão, encurtando assim o tempo de desenvolvimento e agilizando as respostas. E com suporte às tecnologias off-line HTML 5, o Safari permite que aplicativos web armazenem informações no disco rígido do seu computador para que possam ser usadas posteriormente, sem conexão à Internet.

O Safari também foi o primeiro navegador a suportar animações CSS 3, um novo nível de interatividade na web e os efeitos CSS para que os desenvolvedores possam incrementar os sites com imagens estilizadas e fotos com efeitos impressionantes, máscaras precisas e reflexos incríveis.

A Apple também vem constantemente mostrando seu pioneirismo no suporte aos padrões mais recentes, sendo aprovada nos testes Acid 2 e Acid 3 antes de qualquer outro navegador. Elaborados pelo Web Standards Project, os testes Acid confirmam a capacidade de um navegador de lidar com os padrões web mais recentes.

Recomendamos o uso do Safari, ou melhor, a extinção do Internet Explorer.
Donwload em:
http://www.apple.com/br/safari/download/