E, está chegando o Adobe Flash Player 10.3

Os benefícios do Adobe ® Flash ® Player 10.3

Suporte para dispositivos móveis:
Amplie o alcance de seu conteúdo para os usuários onde quer que estejam. Flash Player oferece conteúdo expressivo para computadores pessoais, smartphones, tablets, smartbooks e netbooks desde a versão 10.1, otimizado para alta performance nas telas de celulares e projetado para tirar vantagem das capacidades de dispositivos nativos, permitindo experiências do usuário muito mais ricas e envolventes.

Recursos para dispositivos móveis com controle criativo sem precedentes:
Tira proveito dos recursos nativos do dispositivo, incluindo suporte para multitouch.

Aceleração de Hardware:
Entregar o vídeo liso, de alta qualidade com o mínimo de sobrecarga através de dispositivos móveis e computadores pessoais utilizando a decodificação de vídeo H.264.

Opções expandidas de alta qualidade, para entrega de mídia:
Descubra novas formas de oferecer experiências de mídia rica com o Flash Media Server, família de produtos utilizando HTTP Dynamic Streaming, proteção de conteúdo e suporte melhorado para eventos ao vivo e controle de buffer.

Download Adobe Flash Player 10.3.180.65 B para Windows 7

Tamanho do Arquivo: 2.70 MB
Licença: Freeware
Preço: FREE GRÁTIS
Lançado em: 2011-04-19
Downloads: Total: 73100 | This Month: 5607 Total: 73100 | Este mês: 5607
Editora: Adobe Systems
Publisher URL: http://www.adobe.com

Samsung liderando o mercado de Smartphones

Smartphones: Samsung pode ultrapassar vendas da Apple e da Nokia

De acordo com o analista da empresa de pesquisas Strategy Analytics, Neil Mawston, a Samsung ultrapassou a Nokia e, provavelmente, também a Apple nas vendas globais de smartphones no segundo trimestre deste ano. Os resultados devem-se, principalmente, às vendas do Galaxy S II.
Em entrevista à Bloomberg, Mawston estimou que a Samsung comercializou entre 18 a 21 milhões de smartphones nos últimos três meses.

De acordo com dados já divulgados pela Nokia, no mesmo período, a empresa vendeu 16,7 milhões de smartphones. Enquanto a Apple comercializou 20,3 milhões de iPads, o que a coloca em primeiro ou segundo lugar no ranking, dependendo dos números oficiais que serão divulgados pela Samsung.

Na entrevista, Mawston informou que os produtos da linha Galaxy têm obtido excelentes resultados de vendas na maior parte dos países do mundo. “A Samsung tem chances razoáveis de ocupar a liderança neste trimestre se continuar a expandir a linha de produtos em mercados com alto crescimento, como China e Brasil”, acrescentou.

Além disso, os aparelhos da Sansung não bloqueiam aplicativos Flash, ou seja, mais uma derrota da Apple.

Fonte: Olhar Digital UOL

Adobe Flash Player para IE 64 bits e Windows 7

Recebemos alguns relatos de que não é possível rodar o Flash Player no IE 64 bits principalmente no Windows 7, porém, primeiramente é preciso saber que o Windows 7 64 bits trabalha normalmente com programas de 32 bits. O Internet Explorer que roda por padrão no Vista e no Windows 7 de 64 bitas são na verdade as versões de 32 bits.

No caso do Internet Explorer de 64 bits, se alguém tentar instalar um plugin de 32 bits realmente não conseguirá abrir sites em Flash como o Youtube por exemplo, ou seja, se estes programas estiverem funcionando em sua versão de 64 bits então todos os plugins precisarão ser também para 64 bits. Estes plugins de 64 bits são raros atualmente, justamente por isso que a Microsoft optou por rodar por default as versões de 32 bits destes aplicativos. Há um KB da Microsoft sobre este assunto em http://support.microsoft.com/kb/896457

Não vemos necessidade em rodar um browser em 64 bits, a não ser para aplicativos muito pesados que rodem pela web. Mas, em todo caso, é possível instalar a versão beta do Flash Player 10.2 numa versão chamada square que está disponível no laboratório Adobe neste endereço http://labs.adobe.com/downloads/flashplayer10_square.html

Fizemos testes em um PC rodando o Windows 7 Home Premium 64, e é possível assistir ao Youtube ou qualquer site em Flash sem problema algum, mas usando o IE normal, de 32 bits. Porém, logo após, baixamos e instalamos o Adobe Flash Player 10.2 (square) e rodamos o Youtube e inúmeros sites em Flash utilizando o IE 64 bits, todos funcionando perfeitamente.

Já no Windows Vista também de 64 bits, instalamos o IE 9 de 64 bits e, o Youtube assim como os demais sites em Flash testados, funcionaram sem problemas com o Adobe Flash Player 10.1 instalado, sem a necessidade da versão beta do Player.

Assim sendo, não rodar um site em Flash como o Youtube por exemplo, seja em ambiente de 32 ou 64 bits, requer apenas uma atualização do Adobe Flash Player que é sugerido automaticamente em nossos projetos quando estes reconhecem um Player desatualizado.

Gostaríamos também de levantar uma bandeira muito importante para nós desenvolvedores, designers e usuários da web, ATUALIZE SEU NAVEGADOR, dê mais liberdade de criação aos profissionais e muito mais segurança para sua navegação.

Tablets Honeycomb com processadores Intel

A Intel fez negociações com a Google para garantir a implementação de processadores da companhia em tablets com Android Honeycomb (3.0). De acordo com o Digitimes, os tablets estão previstos para serem lançados no terceiro trimestre deste ano.
Android

Pensando em atrair fabricantes de tablets, a gigante de semicondutores ainda planeja garantir um subsídio de US$ 10 por cada tablet com processador Intel vendido. Essa é a mesma estratégia usada por várias companhias na fabricação de PCs.

Também há rumores de que a Intel estaria ingressando no mercado de smartphones, estabelecendo parceria com a fabricante chinesa ZTE.

Windows 8 para tablets terá aparência diferente da nova versão para PCs

O presidente da Microsoft, Steve Ballmer, afirmou em janeiro, na abertura do Consumer Electronics Show 2011, que a nova versão do sistema operacional Windows será compatível não apenas com os computadores tradicionais, com arquitetura Intel, mas também com equipamentos mais leves, com processadores ARM e tela sensível ao toque. Mas embora PCs e tablets compartilhem as entranhas do Windows 8, cada tipo de aparelho poderá exibir uma “cara” diferente, mais adaptada ao formato do aparelho.

Segundo fontes ligadas à empresa de Redmond, a decisão da Microsoft de criar uma interface gráfica específica, e não um sistema operacional completamente independente para tablets, foi tomada com base na percepção da empresa de que o principal ativo da companhia é a onipresença do Windows — e do pacote Office — no ambiente corporativo.

“Acreditamos que o usuário vai querer fazer com o tablet tudo o que ele faz em seu computador no escritório”, afirmou, o vice-presidente sênior da divisão de comunicações móveis da Microsoft, Andy Lees, durante evento no Mobile World Congress de Barcelona. Por isso, segundo Lees, a empresa desistiu de simplesmente adaptar o Windows Phone 7, sistema operacional da empresa utilizado em telefones celulares e que será adotado pela Nokia, para a tela maior dos tablets.
A principal vantagem, do ponto de vista do consumidor, é que será possível utilizar, nos tablets, programas desenvolvidos para Windows. Isso não é possível, por exemplo, com o iPad, que não é compatível com aplicativos criados para computadores Mac.

Abordagem diferente

A estratégia adotada pelas maiores concorrentes da Microsoft -- a Apple, com o iPad, e o Google, dono do sistema Android -- é diferente. Na companhia de Steve Jobs, por exemplo, o iPhone até chegou a ser anunciado, em 2007, como um telefone rodando Mac OS X. Mas, quando chegou ao mercado, o que se viu foi um aparelho com sistema que bebia nas mesmas fontes -- ou seja, Unix -- que os computadores da Apple, mas sem compatibilidade com os programas feitos para a plataforma Mac OS X.

O Google também mantém linhas diferentes de desenvolvimento para computadores tradicionais e para tablets e celulares - embora, no caso da gigante das buscas, o jogo tenha se invertido, já que o sistema para PCs, o Chrome OS, é mais novo que o Android.